5 dicas para comprar roupas na Black Friday

A Black Friday, dia em que o comércio nos EUA faz grandes ofertas e que já foi amplamente adotado no Brasil, está chegando (vai ser dia 23/11)! E todo mundo fica ansioso para fazer um bom negócio.

Pode ser uma ótima oportunidade para dar aquele UP no estilo ou se endividar sem necessidade. Quer fugir de cilada? Vem comigo!

1. A primeira dica, sem dúvida é: não compre por impulso! Todo e qualquer gasto hoje em dia tem que ser consciente e planejado!

2. Avalie o que você precisa: aproveite para dar aquela revitalizada no guarda-roupa antes da Black Friday. Separe o que você não tem usado para doar e analise porque não usou (se for peça que comprou e usou pouco, pense o motivo para não repetir o erro da compra). Veja o que já está muito velhinho e pode ser reposto. Não precisa renovar o armário inteiro, mas o blazer de trabalhar todo dia pode ser uma excelente aquisição caso o seu esteja desbotado.


3. Pesquise antes! Faça uma lista dos itens que têm interesse e pesquise antes da Black Friday chegar. Veja preços, cheque as políticas e condições de entrega e devoluções das lojas, cheque a integridade e segurança em sites como Procon e Reclame aqui. Não compre nada que seja difícil trocar ou devolver.

4. Desconfie de ofertas fora do comum! Desconfie sempre que achar uma oferta boa demais para ser verdade. Em alguns casos, criminosos geram banners e páginas falsas de grandes empresas confiáveis. A melhor maneira de se certificar da veracidade nesses casos é entrando em contato com as lojas por e-mail, chat ou telefone. Não hesite antes de tirar suas dúvidas.

5. Pensou e decidiu que precisa de algo no armário? Invista em marcas que tem peças de qualidade. Não adianta pagar superpouco por um item que não vai durar nada! Como saber se as peças são de qualidade? Compre em marcas que você já conhece.

Bom, a uma dica bônus: muitas lojas estendem as promoções por mais tempo, já que a Black Friday é um incentivo para que os consumidores iniciem as compras do Natal. Quer aproveitar de verdade? Que tal contar com ajuda profissional? Você pode definir uma identidade visual, descobrir as cores que mais combinam com você, fazer uma revitalização do guarda-roupas para saber o que realmente precisa… e assim, adquirir peças que vão realmente te servir – para o corpo, para a vida e para sua personalidade! Entre em contato clicando aqui que eu te explico tudo!

Direto da passarela: como usar cores neutras

As semanas de moda estão a todo vapor no exterior. Já tivemos os desfiles em Nova York e Londres, a temporada primavera-verão 2019 na capital inglesa foi a mais recente e nesta semana começaram as apresentações dos estilistas em Milão. O mês termina com a semana de moda de Paris.

Tem muita coisa interessante que podemos observar nestas semanas. Além dos trabalho artístico de muitos profissionais, podemos ver na passarela algumas interpretações de como as pessoas estão se expressando nas ruas, pois as marcas estão se aproximando dos clientes e tentando captar o Zeigeist (termo alemão cuja tradução significa espírito da época, espírito do tempo ou sinal dos tempos).

Das marcas que já desfilaram, a que mais me chamou a atenção e que acho que pode ser útil a você, meu cliente que está sempre ligado no Zeigeist e quer praticidade, foi a Burberry. Marca inglesa fundada em 1856, foi lá que inventaram uma das peças mais icônicas da indumentária humana, o trench coat. Para este desfile, anunciaram a chegada de um novo estilista, Riccardo Tisci, designer italiano, que esteve à frente da Givenchy por 12 anos. Sua chegada à casa de moda inglesa foi cercada de burburinho. O mais importante, foi o anúncio de que a Burberry não vai mais queimar os estoques não vendidos (US$ 38 milhões em produtos foram incinerados em 2018 para evitar contrabando e falsificação, segundo a empresa).

Considerada uma surpresa, a vinda de Tisci foi uma realização do novo CEO da Burberry, Marco Gobbetti. Os dois já haviam trabalhado juntos na Givenchy. A decisão foi bem recebida no mercado: as ações da Burberry subiram 4% logo após a divulgação da notícia.

Bom, vamos falar agora do desfile de estreia de Tisci (que apresentou 138 looks masculinos e femininos). O experiente estilista soube fazer um trabalho autoral que não tirou o DNA da marca: clássico. Deu seu toque de contemporaneidade, mas soube preservar a elegância e a tradição que a Burberry carrega. Trouxe as cores de seu icônico xadrez – bege, vermelho, branco e preto – valorizadas e combinadas entre si de forma maestral. Também combinou estampas clássicas como animal print e poá. É aqui que pretendo mostrar para você como podemos tirar lições das passarelas.

Um look monocromático valoriza a cor escolhida para tanto. Se for um neutro como os escolhidos para a coleção da Burberry, a leitura que se tem é de elegância. Isso porque, há pouco ruído visual num look monocromático, há suavidade para o olhar transitar. Da mesma forma, neutros combinados entre si também são elegantes. São cores consideradas básicas, “boas”, que quem te olha provavelmente gosta e se sente confortável. Porém, quando combinadas entre si trazem mais sofisticação, criatividade.

Quanto mais doses de cores escuras, mais imponência e autoridade. Quanto mais doses de cores vibrantes, no caso aqui o vermelho, mais sensualidade, dinamismo, assertividade. Os neutros nos dão muitas formas de estar interessante visualmente e comunicando mensagens distintas. Por isso, quem gosta de ter um guarda-roupa básico não precisa ter monotonia.

E você o que achou desta proposta da Burberry?

Não deixe de interagir comigo. Gosto de trazer temas que interessem aos meus clientes e amigos. Me responda aqui ou em minhas redes sociais Instagram e Facebook (onde sempre trago novidades quentes).

Fotos: divulgação

Coloração pessoal: as cores que mais te favorecem!

Os apelos para que a gente esteja sempre linda, tenha uma pele radiante, uma boca sedutora, um olhar perfeitamente delineado são muitos. São todos externos, da publicidade, do cinema, dos influenciadores (digitais ou as celebridades de sempre mesmo). Queremos seguir padrões alheios.

Mas, já parou para pensar que é possível olhar para si mesmo e encontrar em você a resposta para saber o que mais te favorece? A consultoria de estilo – pelo menos a minha metodologia – é um processo que parte deste princípio, mas neste artigo vou tratar de um assunto específico: as cores que mais valorizam uma pessoa.
Para encontrar os tons ideais de uma cliente, eu uso uma técnica chamada análise de coloração pessoal. Esse método também é conhecido no mercado como colorismo, análise cromática, consultoria de cores e cromatismo – é apenas uma questão de nomenclatura.

E como é feita a análise? Coloco na cliente um avental e uma faixa no cabelo para isolar outras cores que não sejam as do rosto. E com tecidos coloridos, sob luz natural, vou analisando os efeitos de diferentes temperaturas, intensidades e profundidades para, com muita técnica e concentração, avaliar os tons que a cliente possui em seu rosto. Assim, chego na cartela ideal, que será uma grande aliada para escolher peças que destaquem seus tons naturais e também que combinem entre si, uma vez que vai conter cores que se harmonizam umas com as outras. As cores certas nas roupas dão mais viço par a pele, destacam a cor dos olhos, disfarçam olheiras e manchas. A sua cartela também será o guia certeiro para comprar maquiagem que harmonize perfeitamente com seu rosto e escolha tintura que deixe seu cabelo num tom ideal para você. É uma metodologia que enxerga o indivíduo. Veja minhas clientes maquiadas com cores das suas cartelas:

Porém, ninguém é obrigado a ficar preso à cartela da coloração pessoal. O bacana é que, uma vez sabendo do efeito que as cores têm sobre nós, podemos usá-las de forma inteligente. Se eu tenho uma blusa preta que me deixa muito abatida, por exemplo, posso usá-la com um colar em cor que me favoreça, ou fazer uma maquiagem que equilibre e pronto! Além disso, cores têm mensagens e códigos culturais embutidos nelas. Vermelho paixão, azul tranquilidade… não é? E essas informações também contam na consultoria e são consideradas no momento de montar a cartela para o cliente, somadas, É CLARO, ao gosto individual.

Portanto, fazer a análise de coloração pessoal traz um empoderamento incrível, um conhecimento sobre sua própria beleza que abre um mundo de possibilidades!

Como usar meias divertidas!

Vamos começar esse post já fazendo um pequeno disclaimer (explicação). Quando o tempo esfria, qualquer ser humano usa meias se sente frio nos pés ou pernas. Ponto. É só colocar a da sua preferência com a roupa que quiser e sair para a vida. É simples assim, mas também não é. Tanto que eu recebi um pedido (ai que influencer) para fazer esse post. E, desde que comecei a trabalhar como consultora de estilo, já percebi: o que me parece trivial pode não ser para a cliente. O simples para mim não é para você. E você pode querer incrementar algo e eu querer incrementar outra coisa e sua amiga ainda outra.

Então vamos lá: as meias estão ficando mais aparecidas. Isso é coisa de moda? É! Mas, você pode adotar para o seu estilo. As meias sempre estiveram aí e vão continuar. Regras? Não existem regras. Mesmo! Estamos vendo nas ruas, nos desfiles e nos catálogos das marcas muitas maneiras de usar. Mas, eu vou falar de algumas orientações técnicas para que você possa decidir a SUA forma de usar.

Cores iguais ou parecidas alongam e causam menos choque visual. Então, se você quiser dar um toque diferente, porém, menos ousado ou alongar suas pernocas vá de meias, sapatos e partes de baixo nos mesmos tons. Aí, pode usar duas meias juntas, meia soquete por cima de meia-calça. O céu é o limite.

O truque de repetir a cor da parte de cima na meia também ajuda a alongar a figura inteira pois, o interlocutor vai levar o olhar de cima para baixo, fixando uma imagem vertical. Sacou?

Já que você vai investir em uma meinha para esquentar, acho que mostrar que ela foi colocada ali de propósito é uma boa saída para ela realmente pertencer ao look. Por isso, usar uma calça de barra mais curta ou dobrar a barra é uma boa! Sapatos com recortes e gáspea baixa também cumprem esse papel.

As marcas estão ofertando nesse outono-inverno meias soquetes finas com desenhos e texturas. Usá-las com sapatos mais delicados fica estiloso para ambientes mais formais. Que tal usar no look de trabalho?

Para festas e baladas, brilho com brilho não é exagero. Sapatos metalizados com meias de lurex ou veludo molhado ficam bem fashionista e mulherão! Um arraso. E mais uma vez: tom sobre tom ajuda a não encurtar a silhueta. Mas, se quiser brincar com as cores, sandálias de tiras finas ajudam a não ter uma superinterferência sobre a perna.

Meias finas ficam mais harmônicas com sapatos delicados: sapatilhas, sandálias, escarpins, oxfords e botas de salto ou sola fina, de material brilhoso como verniz ou cetim. Meias de algodão ou lã ornam com calçados mais casuais como tênis, oxfords e botas mais pesados, de sola tratorada, de couro opaco. Porém, eu falei lá em cima que não existem regras. Se você quer evidenciar sua personalidade criativa pode inverter tudo isso. As regras valem para quem gosta de um visual mais adequado, mais harmônico visualmente.

Os homens também podem usar meias coloridas. Inclusive tem um estudo de Harvard que diz que colocar um toque de ousadia na roupa de trabalho eleva o status perante os colegas.

Quer ver mais sugestões de looks com meias? Checa meu painel no Pinterest e aproveita para me seguir por lá!

Como escolher looks reaproveitáveis de Natal e Revéillon

As festas de fim de ano estão chegando e os planos para esses eventos começam a se desenhar. Entre eles, algo que aparece no topo da lista são os look das festas. Mesmo com a ajuda do décimo terceiro salário, hoje em dia ninguém quer ter um gasto em uma roupa para ser usada apenas uma vez.

Além disso, a roupa de fim de ano é bastante emblemática, principalmente a do réveillon, e as pessoas muitas vezes acham que não é adequado usá-la em outras ocasiões. Mas isso não é verdade. O branco, antes associado a determinados dress codes (como de médico, noiva ou do réveillon mesmo) virou moda e hoje já está integrado às coleções de todas as marcas.

Então, o que vestir? Devo comprar ou usar algo do armário?

Com as dicas abaixo, é possível identificar se já tem algo no armário que dê conta do recado ou se vai ser necessário comprar. Mas, caso compre algo novo, que sejam peças que possam ser usadas em diversas outras ocasiões.

1. Dê preferência a duas peças: ao escolher uma saia e um top, ou calça (pantacourt, bermuda etc) terá outras várias possibilidades de combinar essas peças separadas em outros looks

2. Opte por básicos: escolha peças sem muita informação visual como estampas, bordados e aplicações. Assim, fica mais fácil transitar com essas peças em diferentes ocasiões, do formal para o informal. Deixe o “trabalho” de dar o tom da festa para os acessórios

look reveillon saia
Você pode produzir seu look de reveillon com saia e blusa e sofisticar ou deixar mais descolado com acessórios.

3. Capriche nos acessórios: em primeiro lugar “estude” qual será o tipo de festa a que vai. Praia? Acessórios de materiais mais orgânicos, como palha, ráfia, madeira e pedras rústicas caem super bem. Festa em família? Acessórios tradicionais como pérolas ou aqueles que façam o seu estilo. Não tem muita regra. Festão de réveillon? Pode aumentar a dose de brilho, subir no salto e usar joias.

look saia dourada
look saia dourada descolada
4. Os metalizados combinam com o clima de Natal, mas podem ser usados no Ano Novo também, depende do seu estilo. Depois, você pode usar as peças no dia a dia, fazendo combinações com jeans, tênis e camiseta para quebrar o glamour.

5. Invista nos tecidos naturais: são aqueles que vem da natureza. São mais nobres, então vão bem em festas mais chiques, mas também não ficam acima do dress code em ocasiões mais informais se a peça for básica. Além disso, permitem que a pele respire, ótimos para o verão brasileiro. São eles a seda, o algodão, o linho.

look calça branca reveillon
6. A calça branca pode ser uma ótima opção para quem quer variar no look de réveillon e ela segue como peça bastante versátil ao longo do ano, principalmente se for de tecido natural, pois o branco não retém calor (estamos em um país tropical, nada como uma calça comprida que não faz a gente passar calor).
look calça branca descolado
Experimente combinar a calça branca com tops coloridos e camiseta! Fica elgante e criativo ao mesmo tempo.

7. Pode apostar no branco sem medo. Depois, basta usá-lo com peças que deem o tom de outras ocasiões, como calça social para o trabalho, ou misturá-lo com outras cores.

look saia branca descolado
A sua saia branca do reveillon pode render looks descolados…
look saia branca escritório
E também mais formais, que vão até para o trabalho!

Se você quiser escolher looks para uma festa especial nesse fim de ano pode contar com uma ajuda profissional: a minha! É legal aproveitar para fazer uma montagem de looks completa (ganhando vários de uma vez) e incluir as produções de Natal e Ano Novo ou montar uma mala de viagem onde vai passar a virada de ano. Outra opção é me contratar para escolher somente o look da festa (podemos comprar ou produzir com o que você já tem) que será ideal para você, na modelagem, caimento, cor e custo. Me escreve para conversarmos sem compromisso clicando aqui ou envia um e-mail para camilarochaestilo@gmail.com!

Um workshop para encontrar seu estilo

E chegamos à segunda edição do workshop Guarda-Roupa Sem Crise! Foi na tarde do sábado, dia 1º de julho, que me reuni com a parceira Juliana Sena e mais seis alunas para passar conhecimento em estilo pessoal e experiências.

WSCamiJu-0966+pqna
Eu e a Ju pensamos nesse formato para proporcionar uma experiência de consultoria de estilo que fosse mais acessível, sem perder a eficácia. Por isso, o modelo workshop, que é mais do que um curso, é uma oficina interativa (daí nasceu o termo em inglês, que significa oficina de trabalho). Também montamos turmas reduzidas e nos unimos em uma dupla, assim é possível dar atenção e realmente discutir as ideias de cada uma durante os exercícios.

WSCamiJu-0998_pqna

WSCamiJu-0995_pqna

Para esta segunda edição, ampliamos a parte prática e, para isso, foi fundamental a parceria da Upper Bag, um e-commerce inovador que manda bags (malinhas) de roupas e acessórios de acordo com o estilo do cliente. Funciona assim: você preenche um cadastro no site, colocando suas informações pessoais e dados de altura e medidas, e também dá dicas de gostos pessoais, hábitos e necessidades. Eles têm uma equipe de personal stylists que entram em contato com você via WhatsApp para pegar detalhes e depois preparam uma malinha com peças com o seu perfil. A malinha chega na sua casa e você pode escolher as peças que quer comprar, sem compromisso. Depois eles retiram o que você não quiser ficar.

Eu conversei com o Alexandre Abrahão, CEO da Upper BAG, sobre a parceria e ele foi muito receptivo desde o começo. Nós passamos diferentes perfis para a equipe e eles nos enviaram malinhas para que tivéssemos boa variedade de peças para os exercícios com as alunas. Foi ótimo! Ainda mais para um programa de aula como o nosso, em que partimos da relação que temos com o guarda-roupa para falar de estilo pessoal.

WSCamiJu-0979_pqna

WSCamiJu-0955_pequena2

Nosso principal objetivo com o workshop é levar as alunas a fazerem uma autoanálise para que percebam quem são, o que querem e o que precisam. O autoconhecimento nos leva a ter clareza. E com isso, começamos a enxergar nosso estilo. Ensinamos técnicas para ter essa “autovisão”. As alunas identificam qual estilo possuem e se tem mais de um – sim, é possível ter uma mistura de estilos. E aí, começamos a exercitar a coerência e a criatividade em expressar a personalidade ao se vestir. Por isso, trabalhar com peças após o lado teórico e conceitual é importante – pois ativa o aprendizado ali mesmo, na hora.

Gente, é tão legal! Sem modéstia aqui…. Bom, assim que tivermos mais informações sobre a terceira edição, venho correndo avisar aqui e nas minhas redes sociais > me sigam por lá também @camila.estilo.

Fotos: Jéssica Liar

Entrevista na EPTV

Durante muito tempo estive do outro lado do balcão e sei como uma participação na mídia tem seu valor. Por isso, além de ter ficado muito feliz, pois foi algo muito divertido de fazer (afinal adoro e ainda a equipe é maravilhosa), fico lisonjeada e orgulhosa com a matéria que participei no programa Mais Caminhos, da EPTV, afiliada da Globo em Campinas e região. Clique aqui e veja o vídeo, pois o tema é interessante: como os homens devem se vestir após os 30 anos. Tem jeito certo?

 

Consultoria de estilo para todo mundo

Quando a gente ouve falar em consultoria de estilo ou personal styling, essas coisas parecem que existem só no mundo das celebridades. Ou são caras. Bom, eu sou consultora de estilo e uma das coisas que mais escuto, mais do que a pergunta: “o que é que você faz?” é “adoraria fazer uma consultoria, mas é caro”. Você sabe o preço? Me pergunta! Você sabe como é? Me pergunta! Mas, como ninguém perguntou (hahaha, brincadeira, tem gente que pergunta sim) fiz um canal no YouTube que vai mostrar quais são pontos que a consultoria trabalha. E os principais deles são justamente os pilares do workshop que criei com a Juliana Sena. Nosso principal objetivo foi desenvolver algo que fosse mais acessível, em tudo: no formato, no preço, no tempo, para quem quer encontrar ou desenvolver o próprio estilo. E para estrear o canal, fiz um vídeo que fala tudo sobre o workshop. Então clica aí e me conta o que acha! É para ninguém ter crise diante do guarda-roupa 🙂

 

WORKSHOP GUARDA-ROUPA SEM CRISE 2a EDIÇÃO

Com objetivo de orientar mulheres a ter um guarda-roupa que se adeque às suas personalidades e estilos de vida, as consultoras de imagem e estilo Camila Rocha e Juliana Sena realizam o workshop “Guarda Roupa Sem Crise”, que ensina ferramentas para que as alunas montem um guarda-roupa funcional, com estilo próprio e sem gastar muito. O curso surgiu a partir da demanda de clientes que perceberam a escassez de tempo para cuidar de si mesmas – por conta da dedicação ao trabalho e/ou à família – e buscavam uma forma objetiva de aprender e, assim, voltar a enxergar seu próprio estilo. E agora chega a sua segunda edição.

Nesta edição, o curso contará com um guarda-roupa modelo, patrocinado pela Upper Bag para treinar em classe! Através do autoconhecimento você vai aprimorar e descobrir seu estilo pessoal e elevar sua autoestima! Garanta sua vaga pelo e-mail: grsemcrise@gmail.com!

O que você vai aprender:

Os estilos universais > identifique o seu;
Como aproveitar melhor as suas roupas;
Como revitalizar seu guarda-roupa;
Como ter um guarda-roupa versátil;
Coloração pessoal: o que é e como ela pode te valorizar;
Como combinar cores;
Como combinar estampas;
Cuidando de suas roupas;
Renovando o guarda-roupa;
A fórmula do guarda-roupa sem crise!

Data: 1º de julho de 2017, das 13h às 18h
Local: Lab 48 Rua Cubatão, 97, Paraíso – São Paulo (próximo ao metrô Paraíso) – vagas limitadas
Professoras: Consultoras de imagem e estilo Camila Rocha e Juliana Sena

O que está incluso no valor do curso:
• Acesso ao workshop presencial de 5 horas;
• Apostila em suporte online (arquivo PDF) para acompanhamento e realização de execícios durante o curso;
• Coffee Break;
• E outras surpresas!

RESERVE SUA VAGA!

Valores :

> Desconto de 20% à vista!
R$ 320

 > R$ 350 em 2 vezes sem juros: pelo Pag Seguro

Valor sem desconto:

> R$ 400,00

Cami_Ju-10_pequena

 

Formas de pagamento Pag Seguro: Utilizaremos o Pag Seguro para que você opte pela melhor forma de pagamento, essa ferramenta oferece: pagamento via cartão de crédito, débito em conta corrente e pagamento por boleto, que pode ser parcelado em até 2 vezes sem juros.

Para mais informações, basta nos escrever para o e-mail: grsemcrise@gmail.com.br

Assine nossa lista de e-mails para receber novidades, agenda de cursos, bônus e descontos especiais : )

Sobre as consultoras de estilo e palestrantes:

Cami_pequena

Camila Rocha
Apaixonada por moda desde sempre, uniu sua expertise em comunicação para trabalhar imagem e estilo de pessoas e empresas. Formada em jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, de São Paulo e em Comunicação Audiovisual pela Universidade Carlos III de Madri. Formada em “Consultoria de Estilo Pessoal” pela Oficina de Estilo, pelo curso da consultora Anita Resende e pela Paris Style Week. Se especializou em “Moda e Comunicação” e “Cool Hunting” pela Escola São Paulo. Trabalhou em comunicação para empresas de moda e beleza como Elite Model e A Mulher do Padre (AMP). Teve longa experiência em comunicação corporativa em empresas como Standard Bank, Even Construtora, A&E Networks e Mozarteum Brasileiro. Foi head de social media da Pernambucanas, com foco em moda e home decor. Há dois anos uniu suas expertises e passou a trabalhar como consultora de estilo e comunicação, realizando trabalhos para Alelo, BASF e Natura, além de atender clientes particulares. www.camilaestilo.com.br

Juju_pequena

Juliana Sena
Descobriu que amava se vestir e se produzir desde cedo, quando criança adorava criar looks e inventar moda com suas bonecas. Influenciada pela avó e mãe, sempre procurava comprar tecidos e produzir suas roupas nas costureiras do bairro. Formada em Letras pela Ibero-Americana, pós-graduada em Administração de Empresas pela FAAP e tem MBA em Gestão de Negócios pelo Ibmec-Insper. Trabalhou com gerenciamento de projetos em diversas empresas multinacionais, tais como: Motorola, Ernst &Young, Vivo e Arcos Dourados. Mas, a moda sempre esteve presente de alguma maneira, desde 2010 escreve e pesquisa sobre moda, criou e desenvolveu uma marca de roupas e a partir dali, não parou mais, foi atrás de mais conhecimento e especialização. Há dois anos é Consultora de Estilo Pessoal e Personal Shopper, formada pela Oficina de Estilo, capacitada em organização e revitalização de guarda-roupas pelo curso da Ingrid Lisboa e desde então, passou a trabalhar como consultora de estilo e tem como objetivo dividir os conhecimentos e serviços prestados, disseminando a semente do autoconhecimento, da autoestima e do empoderamento para empresas e clientes particulares.

Workshop Guarda-Roupa Sem Crise

WORKSHOP GUARDA-ROUPA SEM CRISE

Muitas clientes e amigas pediam algo para que pudessem aprender de forma prática e objetiva a organizar melhor o que têm em casa. Queriam dar os primeiros passos para renovar ou descobrir o estilo próprio, mas buscavam um serviço acessível. Então, eu e a parceira, e também consultora de estilo, Juliana Sena montamos o Workshop Guarda-Roupa Sem Crise que tem ferramentas essenciais e básicas que ensinam a identificar o estilo pessoal e a analisar o guarda-roupa. Também traz ensinamentos de como montar looks que favorecem o próprio tipo físico e também multiplicar combinações, para aproveitar ainda mais as roupas que se tem. São algumas das práticas e teorias da consultoria, para que as alunas saiam do curso com um excelente aprendizado e comecem a desenvolver seu estilo pessoal sozinhas! 🙂

 

Data: 22 de outubro de 2016, das 14h às 18h
Local: Alameda dos Maracatins, 426 – Moema – São Paulo – SP
Vagas limitadas

Professoras: Consultoras de imagem e estilo Camila Rocha e Juliana Sena

 Para garantir sua vaga clique aqui

ou nos mande um e-mail: grsemcrise@gmail.com

O que você vai aprender:
• Os estilos universais > identifique o seu;
• Como aproveitar melhor as suas roupas;
• Como revitalizar seu guarda-roupa;
• Como ter um guarda-roupa versátil;
• Coloração pessoal: o que é e como ela pode te valorizar;
• Como combinar cores;
• Como combinar estampas;
• Cuidando de suas roupas;
• Renovando o guarda-roupa;
• A fórmula do guarda-roupa sem crise!

O que está incluso no valor do curso:
• Acesso ao workshop presencial de 4 horas;
• Apostila em suporte online (arquivo PDF) para acompanhamento e realização de execícios durante o curso;
• Coffee Break;
• E outras surpresas!

Valor :

R$300,00

 

Formas de pagamento Pagseguro: Utilizaremos o Pagseguro para que você opte pela melhor forma de pagamento, essa ferramenta oferece: pagamento via cartão de crédito, débito em conta corrente e pagamento por boleto, que pode ser parcelado em até 2 vezes sem juros ou em mais parcelas com juros cobrados pelo sistema e a administradora do cartão.

 

Sobre as consultoras de estilo e palestrantes:

Cami Rocha2pqn

Camila Rocha
Apaixonada por moda desde sempre, uniu sua expertise em comunicação para trabalhar imagem e estilo de pessoas e empresas. Formada em jornalismo pela Faculdade de Comunicação Social Cásper Líbero, de São Paulo e em Comunicação Audiovisual pela Universidade Carlos III de Madri. Formada em “Consultoria de Estilo Pessoal” pela Oficina de Estilo, pelo curso da consultora Anita Resende e pela Paris Style Week. Se especializou em “Moda e Comunicação” e “Cool Hunting” pela Escola São Paulo. Trabalhou em comunicação para empresas de moda e beleza como Elite Model e A Mulher do Padre (AMP). Teve longa experiência em comunicação corporativa em empresas como Standard Bank, Even Construtora, A&E Networks e Mozarteum Brasileiro. Foi head de social media da Pernambucanas, com foco em moda e home decor. Há dois anos uniu suas expertises e passou a trabalhar como consultora de estilo e comunicação, realizando trabalhos para Alelo, BASF e Natura, além de atender clientes particulares.

 

Ju Sena1_pqn

Juliana Sena
Descobriu que amava se vestir e se produzir desde cedo, quando criança adorava criar looks e inventar moda com suas bonecas. Influenciada pela avó e mãe, sempre procurava comprar tecidos e produzir suas roupas nas costureiras do bairro. Formada em Letras pela Ibero-Americana, pós-graduada em Administração de Empresas pela FAAP e tem MBA em Gestão de Negócios pelo Ibmec-Insper. Trabalhou com gerenciamento de projetos em diversas empresas multinacionais, tais como: Motorola, Ernst &Young, Vivo e Arcos Dourados. Mas, a moda sempre esteve presente de alguma maneira, desde 2010 escreve e pesquisa sobre moda, criou e desenvolveu uma marca de roupas e a partir dali, não parou mais, foi atrás de mais conhecimento e especialização. Há dois anos é Consultora de Estilo Pessoal e Personal Shopper, formada pela Oficina de Estilo, capacitada em organização e revitalização de guarda-roupas pelo curso da Ingrid Lisboa e desde então, passou a trabalhar como consultora de estilo e tem como objetivo dividir os conhecimentos e serviços prestados, disseminando a semente do autoconhecimento, da autoestima e do empoderamento para empresas e clientes particulares. http://julianasena.com.br/

 

Política de cancelamento:
• O cancelamento de sua participação no workshop pode ser feito até 72 horas antes da realização do workshop com restituição do valor integral. Trabalhamos com turmas pequenas e cada inscrição conta muito para arcar com as despesas do local.
• Não é possível restituir valores com cancelamentos feitos em menos de 72 horas do curso. Você pode solicitar que outra pessoa faça o curso em seu lugar, se necessário, para não perder o investimento. Nesse caso, você deverá nos informar via e-mail o nome completo e RG desse novo participante para alterarmos a lista de presença.
• O estorno da compra será feito por meio do Pag Seguro junto à administradora do cartão de crédito, como um crédito na próxima fatura do comprador. O PagSeguro envia um e-mail de confirmação informando a data que o crédito foi encaminhado para a sua administradora de cartão de crédito. O prazo para o crédito no seu cartão pode variar conforme data de fechamento da sua fatura. Para os pagamentos em débito online ou boleto, o estorno efetuado em forma de crédito na conta Pag Seguro, podendo o cliente utilizar o saldo para uma nova compra ou solicitar o saque do valor para sua conta bancária. (Informações fornecidas pelo Pag Seguro)
• Para qualquer um dos casos acima, você deverá entrar imediatamente em contato conosco através do e-mail: grsemcrise@gmail.com.
• Caso o número mínimo de cinco participantes não for atingido, o evento poderá ser cancelado ou reagendado. As organizadoras podem cancelar o evento em qualquer momento em caso de imprevisto ou por quaisquer razões que impeçam a concretização do workshop. Em caso do cancelamento por parte das organizadoras, os participantes que já pagaram sua participação (ou ingresso), receberão integramente os valores pagos até o momento.
• Mudança de local ou data: Em caso de mudança de local ou data os participantes serão notificados por email e terão a opção de aceitar a mudança ou solicitar o reembolso. Em caso de reembolso o valor será devolvido integralmente.